Empreendedorismo feminino: 3 principais mitos de empreender e como se livrar deles
Ana Diamante

Blog

Cursos

Empreendedorismo feminino: 3 principais mitos de empreender e como se livrar deles

08/03/2021 - 18:17
POSTADO POR : Ana Diamante
Empreendedorismo feminino: 3 principais mitos de empreender e como se livrar deles

Os mitos do empreendedorismo feminino

Uma pesquisa realizada pela Rede Mulher Empreendedora, aponta que o perfil das empreendedoras no Brasil é de uma mulher na faixa etária dos 30 anos, com filhos, e bem mais especializada do que a maioria dos homens em termos de formação.
Entretanto, entre elas, a insegurança é maior: “No geral, a mulher se acha menos preparada do que os homens para empreender, sente-se mais insegura e, por isso, se capacita mais.
Há ainda uma autocobrança excessiva nos papéis que ela exerce, pois ela acredita que tem que ser uma empresária de sucesso, ser uma mãe exemplar, esposa incrível, saudável, espiritualizada e feliz”. Ao longo de sua história como empreendedora, a psicóloga Sabrina Amaral observou e conviveu com todo tipo de discurso romantizado. Por isso, separou, logo abaixo, os três principais mitos de empreender e como se livrar deles:

1º Nascida para brilhar
As pessoas podem pensar que a empreendedora nasceu com uma estrela na testa, destinado para o sucesso, como se tivesse sido agraciada com um dom divino nato para fazer suas ideias virarem dinheiro facilmente.

Isso não é verdade. É fato que algumas pessoas têm mais facilidade para empreender do que outras, mas o sucesso ao empreender está em 10% de inspiração e 90% de transpiração.

Demanda muita resiliência, capacidade de se reinventar e de se automotivar constantemente, mesmo diante de adversidades.

2º A detentora de todo conhecimento
A empreendedora tem que ser uma especialista em todas as coisas de seu negócio: finanças, vendas, marketing digital, gestão, contabilidade e afins. Só que não.

Esse é um erro crasso de empreendedores de primeira viagem. Querem se especializar a fundo em tudo isso, em vez de dedicar tempo àquilo que de fato é o que faz deles únicos: seu core business.

Claro que você precisará compreender minimamente esses itens que mencionei, mas o ideal é que você arrume parcerias ou terceirize coisas que vão demandar o tempo que você poderia estar utilizando para fazer aquilo que só você sabe.

3º Aquele que anda só
Outra crença é a de que o empreendedorismo é um caminho solitário. E realmente ele pode ser, mas apenas se você se isolar e não aprender a se relacionar com pessoas. Entenda que a sua rede contatos, o famoso networking, que fará seu negócio crescer muito mais rapidamente e ter maiores chances de ser bem sucedido. Para isso, existem grupos de apoio, ONGs, instituições que fomentam e apoiam o empreendedorismo.

#TodasJuntas
Sabrina Amaral acredita no poder da união para quebrar esses mitos e fortalecer a comunidade empreendedora feminina do país: “O lema é ‘Juntas somos mais fortes’. As mulheres empreendedoras criaram uma egrégora, nós nos ajudamos e falamos a mesma língua.

Nos últimos anos, o número de instituições que reúne, capacita, investe e desenvolve estas mulheres cresceu muito. 

Por exemplo, o grupo Mulheres do Brasil de Luiza Trajano, o programa Ela Pode do Google, e a própria Rede Mulher Empreendedora de Ana Fontes.

Ao ter contato com outras empreendedoras a mulher aprende, tira dúvidas com pessoas mais experientes, se prepara, tem apoio emocional de pessoas que sabem como ela se sente, recebe dicas práticas e diretrizes de como pode fazer seu negócio se destacar.”

Por fim, a psicóloga recomenda: “participe de grupos, busque fontes confiáveis para se capacitar, acredite no seu potencial, mas faça um bom planejamento, tenha um ‘pé de meia’ para trazer mais segurança e persista!

Empreender é aprender, esta jornada tem muitos desafios, mas as realizações, são indescritíveis. A conquista tem outro sabor, outro brilho, especialmente quando ela está alinhada aos seus valores e propósito de vida, como é o meu caso”.

Por Sabrina Amaral

Fonte: Jornal Contabil

PREMIAÇÕES

MARCOS E CONQUISTAS

Reconhecimento Internacional
Reconhecimento Internacional
Reconhecimento Internacional
Reconhecimento Internacional
Reconhecimento Internacional
Reconhecimento Internacional